PhotoCatalysis.info

Por um mundo melhor

                contato@photocatalysis.info
  • RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • email

raquelPreparação, caracterização e atividade fotocatalítica de vidros autolimpantes.

Esse é o título da dissertação de mestrado que Raquel da Silva Cardoso vai defender no dia 05/12/2016, no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Raquel é Engenheira Química pela Universidade Federal da Paraíba e realizou suas pesquisas no LEMA – Laboratório de Energia e Meio Ambiente da UFSC. O objetivo da pesquisa da Raquel era produzir vidros revestidos com fotocatalisadores mais eficientes que o dióxido de titânio (TiO2), e a estratégia que ela utilizou foi dopar o TiO2 com ítrio ou érbio. O resultado é que o recobrimento com esses fotocatalisadores preparados pelo método sol-gel modificou as características do vidro, que se tornaram superhidrofílicos, como mostra a Figura  abaixo.raquel-3

A defesa da dissertação vai acontecer no dia 05/12/2016, às 08:30, no Auditório do Departamento de Engenharia Mecânica da UFSC. O trabalho foi orientado pelas Professoras Regina de Fatima Peralta Muniz Moreira (UFSC) e Vivian Stumpf Madeira (UFPB), e faz parte de um projeto financiado pelo CNPq (Chamada 76/2013 MCTI/CNPq/CT-Mineral – Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico em Terras Raras).

Resumo da dissertação:

Vidros autolimpantes são vidros especiais recobertos com uma fina camada de dióxido de titânio, que atua como fotocatalisador e agente de modificação da afinidade com a água. O dióxido de titânio absorve radiação no comprimento de onda da região UV, produzindo a separação de cargas (e/h+), que permite que uma série de reações redox ocorram em sua superfície, tais como a destruição de poluentes atmosféricos ou dissolvidos na água, a inativação de microrganismos, etc. Esses vidros especiais já se encontram em escala comercial, mas o efeito fotocatalítico ainda é pequeno, uma vez que somente radiação com comprimento de onda na região do UV é absorvida pelo TiO2 para ativá-lo. Por conseguinte, pesquisas estão sendo voltadas em aumentar a sensibilidade do catalisador para o espectro visível. Uma grande expectativa está sendo gerada por alguns pesquisadores com a dopagem do TiO2 com terras raras, compostos que, dopados com TiO2, poderiam estender a absorção de luz para a região do visível. No presente trabalho, dois elementos de terras raras, ítrio (Y) e érbio (Er), foram dopados em dióxido de titânio em diferentes proporções. Os catalisadores foram produzidos pela rota de síntese sol-gel e depositados nos vidros pelo método dip-coating. Os fotocatalisadores foram caracterizados pela determinação da estabilidade térmica e cristalinidade. A atividade fotocatalítica foi verificada pela degradação do corante azul de metileno durante a exposição à radiação ultravioleta e à radiação visível, bem como na degradação de um filme de ácido oleico depositado no vidro. As características hidrofílicas foram avaliadas pela determinação do ângulo de contato superfície/água, e a atividade bactericida foi avaliada na ativação de bactérias ácido láticas. Os resultados mostraram que todos os catalisadores, dopados ou não com ítrio ou érbio, apresentam a anatase como a única fase cristalina após a calcinação em temperaturas acima de 450oC, e mantêm-se termicamente estáveis mesmo a temperaturas superiores a 600oC. Todos os vidros recobertos com filmes finos de fotocatalisadores mostraram-se ativos a luz ultravioleta e visível e superhidrofílicos. A amostra com 0,25% de Y foi o melhor fotocatalisador obtido na exposição ultravioleta dentre os vidros dopados para degradação do azul de metileno, seguido do catalisador dopado com 1% de Er. Ambas as amostras exibiram notável performance sob luz visível. A degradação do ácido oleico salientou o teste fotocatalítico com o resultado destacado para as amostras dopadas com 0,25% de Y e 1% de Er. 

Palavras-Chave: fotocatálise; terras raras; vidro autolimpante

Você deve estar registrado para postar um comentário.

Vídeo

Federação Alemã de Fotocatálise
Aplicada explica Fotocatálise.



Destaques


Guia de Navegação

O PhotoCatalysis.info é dedicado a profissionais das várias áreas, pesquisadores, ...


Fotocatalisando no t

O crescimento de fungos e mofo no telhado pode lentamente destruir ...


Missão

PhotoCatalysis.info pretende torna-se uma das principais referências em língua portuguesa ...


História da Fotocat

A história da fotocatálise     - 1967: Os pesquisadores Akira Fujishima e ...


CIMTEC 2014 - 13a Co

CIMTEC 2014 - 13th International Conference on Modern Materials and Technologies ...


PhotoPAQ Conferênci

PhotoPAQ Conference 2014 Photocatalysis: Science and Application for Urban Air Quality 2014, 15-17 ...



Apoio