PhotoCatalysis.info

Por um mundo melhor

                contato@photocatalysis.info
  • RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • email

Uma equipe de pesquisadores de Taiwan desenvolveu uma forma de utilizar os CD’s (que estão ficando cada vez mais obsoletos) como suporte de fotocatalisadores para aplicação no tratamento de águas residuárias.

O dispositivo foi apresentado no encontro anual da Optical Society’s, Frontiers in Optics 2013, em Orlando, nos EUA.

“Os discos óticos são baratos, estão facilmente acessíveis e são de uso comum”, diz Din Ping Tsai, físico da National Taiwan University. São produzidos perto de 20 bilhões de discos por ano, segundo os investigadores, que acreditam ter descoberto uma forma de tratamento da água capaz de reduzir o desperdício.

Tsai e os colegas da National Taiwan University,National Applied Resarch Laboratories in Taiwan e Research Center for Applied Sciences in Taiwan usaram a superfície dos CD como plataforma para o desenvolvimento de nanobastões de óxido de zinco. O óxido de zinco é um semicondutor muito acessível e pode funcionar como um fotocatalisador, quando irradiado por luz UV.

 

Disco ótico totalmente recoberto com nanopartículas de óxido de zinco. (Fonte: Din Ping Tsai, National Taiwan University).  Imagem de microscopia eletrônica de varredura mostra o crescimento dos nanobastões de ZnO sobre o CD. Fonte: Din Ping Tsai, National Taiwan University.

Como os discos apresentam uma grande durabilidade e são capazes de girar rapidamente, a água contaminada que escorre para o dispositivo espalha-se numa película fina capaz de ser atravessada pela luz, acelerando o processo de degradação.  Assista abaixo o reator em funcionamento.

O dispositivo criado pela pelos pesquisadores tem cerca de 28 litros de capacidade e foi testado para degradar uma solução do corante alaranjado de metila. Em cerca de 60 minutos, o contaminante foi 95% eliminado e o equipamento é capaz de tratar 9L/h de água contaminada. De acordo com o investigador responsável pelo projeto, o reator do disco giratório é pequeno, consome pouca energia e processa a água contaminada de forma mais eficiente do que qualquer outro método de tratamento através de fotocatalisadores. Este método permite, em pequena escala, tratar a água contaminada dos esgotos domésticos, urbanos, resíduos industriais e agrícolas. No futuro, a equipe espera conseguir aumentar a eficiência do reator e utilizar CD’s empilhados.

Para mais informações, leia o artigo publicado no  Optics Express: “ZnO nanorod optical disk photocatalytic reactor for photodegradation of methyl orange” [1.4MB PDF].

Apresentação FW1A, “Zinc Oxide Nanorod Optical Disk Photocatalytic Reactor for Photodegradation,” takes place Wednesday, Oct. 9 at 8:15 a.m. EDT at the Bonnet Creek Ballroom, Salon IV at the Hilton Bonnet Creek in Orlando, Fla.

Fonte: http://www.osa.org

Categorias: Midia

Você deve estar registrado para postar um comentário.

Vídeo

Reynobond® EcoClean™
Alcoa do Brasil.



Destaques


Guia de Navegação

O PhotoCatalysis.info é dedicado a profissionais das várias áreas, pesquisadores, ...


Fotocatalisando no t

O crescimento de fungos e mofo no telhado pode lentamente destruir ...


Missão

PhotoCatalysis.info pretende torna-se uma das principais referências em língua portuguesa ...


História da Fotocat

A história da fotocatálise     - 1967: Os pesquisadores Akira Fujishima e ...


CIMTEC 2014 - 13a Co

CIMTEC 2014 - 13th International Conference on Modern Materials and Technologies ...


PhotoPAQ Conferênci

PhotoPAQ Conference 2014 Photocatalysis: Science and Application for Urban Air Quality 2014, 15-17 ...



Apoio